Principais Dúvidas sobre os Cursos a Distância

Para crescer na carreira, formação e especialização tornaram-se fundamentais. Mas, em uma rotina cada vez mais atribulada com inúmeros afazeres, conciliar o trabalho e os estudos pode ser um tanto quanto desafiador. Por outro lado, novas metodologias de ensino, como os cursos a distância, vem crescendo e impulsionando a busca por novos conhecimentos para quem, até então, encontrava na falta de tempo um empecilho para dar continuidade aos estudos.

Apesar do crescimento a passos largos, muitas pessoas ainda têm dúvidas e certa desconfiança sobre a qualidade de ensino oferecida por uma faculdade a distância. Por isso, listamos abaixo as principais dúvidas e respostas sobre o assunto para que você possa tomar a decisão mais acertada com base em informações verídicas. Esse assunto te interessa? Então continue a leitura.

Cursos a distância: por que eles estão crescendo tanto no Brasil?

Desde que o Decreto n.º 9.057, de 25 de maio de 2017, atualizou a legislação sobre a regulamentação do ensino a distância no Brasil,houve crescimento de 133% dos polos EaD no País. Antes da publicação do decreto, eles eram 6.583 e, após a regulamentação, passaram a ser 15.394, segundo informações do Ministério da Educação (MEC).

Os dados mais recentes publicados pelo Censo da Educação Superior apontam ainda que mais de 18% das matrículas no ensino superior correspondem aos cursos a distância. Assim, os cursos EaD somavam 1.494.418 matrículas em 2016.

Esse crescimento é explicado pela melhoria no acesso das pessoas à internet e, consequentemente, ao cursos a distância, assim como a facilidade de esse tipo de formação se encaixar na rotina de quem já trabalha. Além disso, os cursos a distância aproximam o ensino superior de todos aqueles que não têm um curso presencial perto de casa. Confira, abaixo, algumas perguntas e respostas sobre esse tema.

1. O que são os cursos a distância?

O EaD (ensino a distância) é uma modalidade de ensino na qual professor e aluno não estão presentes no mesmo ambiente físico, mas sim no mesmo ambiente virtual. As aulas são ministradas e transmitidas pela internet, seja em tempo real – com possibilidade de interação ao vivo – ou por meio de aulas gravadas, as quais o aluno pode assistir em diferentes dispositivos, no melhor dia e horário da sua agenda.

A comunicação entre docentes e alunos também se dá por meio do ambiente virtual utilizado nas aulas ou por e-mail, meios pelos quais as dúvidas são esclarecidas. Segundo a Associação Brasileira de Ensino a Distância (Abed), um curso é considerado a distância quando mais de 70% do seu conteúdo é ministrado remotamente.

2. Há diferença no nível de dificuldade em cursos presenciais e online?

Não há diferença entre os níveis de dificuldade de cursos presenciais e online, pois ambos possuem níveis semelhantes. A facilidade em relação aos cursos online está ligada à flexibilidade que o aluno tem para organizar seus horários e determinar o seu ritmo de estudo, diferentemente do que acontece nos cursos presenciais.

3. Há diferença no diploma de quem faz cursos a distância?

Muitas pessoas têm receio de fazer um curso a distância por causa do peso que o diploma nessa modalidade poderá ter ou não no mercado de trabalho. Porém, é importante deixar claro que não há diferença entre o diploma do curso a distância e o diploma do curso presencial. Tanto isso é verdade que no documento não fica registrado que o curso concluído era online, ou seja, os diplomas são exatamente iguais.

4. A validade dos diplomas é a mesma?

Assim como as informações contidas nos diplomas são as mesmas, sua validade também é igual. Uma vez que o MEC tenha reconhecido o curso a distância de determinada instituição, seu diploma é válido em todo território nacional da mesma maneira que um curso presencial que possua as mesmas especificidades.

5. Todo curso de graduação pode ser feito na modalidade online?

Por lei, praticamente todo curso pode ser ministrado online. Porém, na prática, alguns ainda não são oferecidos nessa modalidade, como é o caso dos cursos de graduação em Medicina e Direito e as formações de doutorado.

6. Como são as provas dos cursos a distância?

De acordo com a lei que regulamenta os cursos a distância, nessa modalidade de ensino é necessário que as provas sejam realizadas presencialmente, o que ocorre no polo de ensino da faculdade que está oferecendo aquela formação. Algumas avaliações podem ser feitas no ambiente virtual de aprendizado, porém existe uma porcentagem mínima que deve ser feita de forma presencial.

7. E as aulas? Quem faz um curso EaD também teaulas presenciais?

Sim. Assim como as provas, a legislação considera que cerca de 20% das aulas em cursos a distância devem ser feitas presencialmente. Essa é a porcentagem mínima, mas a quantidade de aulas presenciais pode variar conforme o curso e a instituição de ensino.

8. O que é um polo de educação a distância?

Como em um curso EaD também é preciso desenvolver avaliações e aulas presenciais, os polos de ensino são importantes, pois é lá que você irá realizar essas atividades. Por isso, é importante verificar se a faculdade que você está avaliando conta com um polo de educação a distância próximo da sua residência.

9. Preciso ter um computador muito potente para fazer um curso EaD?

Para fazer um curso a distância, seja ele de longo prazo ou não, é importante saber que não será necessário entender tudo de informática e computação. Os pré-requisitos mínimos são um computador com programas básicos, como pacote Office (ou similar) e uma conexão com internet que permita que você assista às aulas online.

10. O que avaliar na hora de escolher um curso EaD?

Existem muitas faculdades e universidades que disponibilizam cursos a distância, por isso muitas vezes pode ser difícil para o aluno saber qual delas escolher e o que é preciso avaliar na hora de tomar uma boa decisão.

Além de verificar se a instituição é reconhecida pelo MEC e qual a sua avaliação, fique de olho também em outros aspectos, como a variedade de ferramentas disponibilizadas para o aluno, a quantidade de horas necessárias em atividades ou avaliações presenciais e a experiência que os ex-alunos têm com aquela instituição.

É importante avaliar também o método de ensino, as avaliações que o curso que você está desejando têm, como será feita a conclusão do curso e as características da plataforma de aprendizagem.

11. Como é a qualidade dos cursos a distância?

Esse aspecto da qualidade vai além da comparação entre cursos a distância ou presenciais. O MEC avalia todas as instituições de ensino e seus cursos levando em consideração diversos aspectos que envolvem a qualidade de ensino, a pesquisa desenvolvida na instituição e a presença de professores com títulos de mestres e doutores. Você pode consultar as notas de qualquer instituição no site e-MEC.

Universidade Estácio de Sá, por exemplo, é a universidade particular classificada em primeiro lugar em EaD no Brasil segundo levantamento do MEC. Esse levantamento considerou a média ponderada pela base de alunos dos Conceitos Preliminares de Curso (CPCs) divulgados para o ano de 2015 nos cursos a distância. Com nota 4 no MEC, a Estácio confirma sua excelência na oferta de cursos a distância no País.

12. É possível transferir um curso presencial para EaD?

Sim. Todo curso de graduação permite que você faça a transferência para a modalidade online e vice-versa. Mas, para fazer isso, será importante verificar junto à instituição de ensino quais regras e procedimentos são necessários para efetivar essa transição.

13. Como a frequência dos alunos é avaliada?

Nos cursos a distância, as atividades e a “presença” em aula também são monitoradas, diferentemente do que muitas pessoas pensam, acreditando que, pelas aulas não serem presenciais, não há um controle sobre o envolvimento em cada disciplina.

Porém, nos cursos a distância é possível monitorar quanto tempo e até por quais páginas o aluno navegou no ambiente virtual de aprendizado. A forma com que esse controle é feito depende de cada instituição de ensino, sendo que cada faculdade possui suas regras para validar a frequência dos estudantes e certificá-los como aptos para a conclusão do curso.

14. Há preconceito no mercado de trabalho com quem faz cursos a distância?

A modalidade de ensino online é a que mais cresce no Brasil, por isso as empresas já passaram a reconhecer essa formação como importante e de excelência. Claro que, assim como ocorre com os cursos presenciais, a valorização dos cursos a distância depende da qualidade verificada em cada instituição de ensino.

Além de reconhecer sua importância, muitas empresas já aplicam treinamentos internos ecapacitações a distância para seus colaboradores, o que reforça o reconhecimento dessa modalidade de ensino.

15. Quais as vantagens do EaD?

Bom, agora que você já tirou suas dúvidas sobre a modalidade de ensino a distância, vamos conhecer alguns benefícios para quem decide optar por essa possibilidade de formação que ajuda na expansão da educação de qualidade. Confira algumas vantagens de quem faz um dos cursos a distância disponíveis no mercado:

  • Flexibilidade

Talvez a principal vantagem em cursar uma faculdade a distância seja a flexibilidade. Isso porque o aluno pode optar por assistir às aulas e realizar as atividades solicitadas no melhor horário da sua agenda, sem precisar adaptar sua rotina aos horários da instituição de ensino. Para isso, bastará a ele ter acesso à internet – seja no computador de casa ou em dispositivos móveis como notebooks, tablets ou smartphones.

  • Autonomia

Aliada à flexibilidade, os cursos online também dão muito mais autonomia ao aluno. O curso a distância pode ser feito quando e onde você quiser, sendo que o aluno torna-se o principal responsável pelo seu processo de aprendizagem. Ou seja, a processo ensino-aprendizado é mais fluido e leve e muitas vezes até divertido, uma vez que o aluno sente-se livre e no controle da situação. Contribui para isso também o fato de que as aulas dos cursos a distância utilizam diferentes recursos para o aprendizado do aluno. Além de videoaulas, você terá à sua disposição materiais de apoio em formatos diversificados.

  • Fortalecimento do networking

Quem pensa que fazer um curso a distância é sinônimo de isolamento, está muito enganado. Fazer um curso online é uma ótima ferramenta de networking, principalmente por proporcionar o contato com profissionais de regiões, muitas vezes, distantes da sua. Ou seja, os cursos a distância abrem portas para estabelecer contato profissional com pessoas que você talvez nunca tivesse possibilidade de conhecer, assim como trocar experiências e formar uma sólida rede de apoio a partir disso. Verifique se a faculdade escolhida conta com plataformas para fomentar essa troca entre alunos e professores.

  • Economia

Um curso a distância também tende a ser mais barato que os cursos presenciais. Isso acontece porque a tecnologia permite aumentar o alcance dos cursos em larga escala, o que baixa o custo para as faculdades. Por isso, fazer um curso EaD proporciona o mesmo conteúdo que a formação presencial, mas com um valor mais acessível.

Pronto! Finalizamos mais um conteúdo e agora você já tem em mãos todas as informações essenciais para conhecer a estrutura dos cursos a distância e saber se essa modalidade é realmente a mais indicada para você. O que achou? Indique esta leitura para um amigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *